Volver a la pagina anteriorVOLVER 

Endemismos: Fauna

à fauna terrestre na ilha caracteriza-se pela ausência de grandes vertebradas e de especies daninhas. As áves e os repteis são a espécie mais numerosas da fauna terrestre de Gran Canaria. Entr os vertebrados figuram o lagarto canarión – endémico desta ilha-, a lisa azulada, o perenquén de Boettger e o musaranho de Osorio.

Respectivo ás áves, são as que têm a maior representação, concretamente 48 espécies englobam a avifauna nidificante nesta ilha, com endemismos como o picapinos, el petirrojo e o pinzón azul, localizado este ultimo no pinhal de Pilancones-Inagua. O pássaro canário merece uma menção aparte pela sua implantação simbólica que o relaciona tanto com Canarias como con Gran Canaria, em particular. O interesse desta áve, com grandes faculdades cantoras,foi a procriação através de cruzamentos com outras espécies, o que deu lugar a uma grande variedade. A ilha é, também, lugar de passo de aves migratórias. Da avifauna constituída por espécies marinhas e nidificante destaca a áve aquatica cinzento.

 

A fauna marinha da Gran Canaria é muito variada e rica em espécies, devido a sua deversidade ambiental e situação geográfica. Uma das particularidades do povoamento marinho das águas grancanarias é a co-existencia de espécies como os pelágicos e as tartarugas (entre as que se destaca a espécie careta-careta) que conviven com rãs, mantas, látego e peixes marinhos, peixes espada, túnidos de grande envergadura; ou as espécies do litoral, como sargos, viejas, salemas, galanas, palometas, meros, cabrillas, gallos ou abadejos. Na colonia de mamíferos, que também encontram-se em águas de Gran Canaria, figuram os delfins, as toninas e as baleias.

 
Volver a la pagina anteriorVOLVER 
©Portaltur v1.0 2005    Aviso legal | Política de Privacidade | Informaçaõ Geral | Adicionar aos favoritos
Interreg III B - Feder