Volver a la pagina anteriorVOLVER 


Valleseco

Datos geográficos. Com uma superfície de 39,15 quilómetros quadrados, o município de Valsequillo situa-se nas estribações da Cuenca de Telde. A sua zona mais alta encontra-se a 1.800 metros sobre o nivel do mar. Uma impressionante caldeira de erosão, a Caldeira de Tenteniguada, serve de refúgio frente ao Macizo Central de Gran Canaria. Esta caldeira actua como cuenca de recepção das águas de chuva e caracteriza-se pelo seu alto valor botânico, visto que nelas aparecem espécies características do monteverde. Coroando os escapes destacam especialmente, nesta espectacular paisagem, alguns rochedos como o Saucillo e o Roque Grande. Já nos cumes, são as caldeiras vulcânicas dos Martéis e da Calderinha as que sobressaiem pela sua importância paisagística e cultural. O tramo médio da Cuenca de Telde apresenta uns barrancos muito mais encalhados, como o Barranco de San Miguel e fluentes de grande beleza paisagística como o Barranco dos Cernícalos ou o de San Roque.

Historia. O passado prehispânico de Valsequillo está muito ligado ao culto religioso aborigem, visto que é uma das zonas mais altas do Faycanato de Telde. Durante a conquista de Gran Canaria, os castelhanos entraram pelo Barranco de Tecén, onde existia uma importante povoação aborigen. Em 1530 se construiria neste mesmo lugar um quartel de cavalharia, conhecido como o Quartel de El Colmenar, levantado a sua volta várias edificações vinculadas à vida castrense. Na actualidade constitui um dos patrimónios históricos mais importantes de Valsequillo. Em 1670 a povoação de Valsequillo potencia a construção de uma capela, que se converte na Parroquia de San Miguel Arcángel no ano 1800. Dois anos depois, Valsequillo obtuve a autonomia e a separação do município de Telde.

Fiestas. As amêndoas são uma das grandes protagonistas do municipio de Valsequillo, já que existem mais de 2.000 árvores dispersos nesta localidade. Este facto provocou que Valsequillo celebrasse uma festa muito popular, a Festa da Amêndoa em Flor, durante os meses de Janeiro e Fevereiro. Coincidindo com a festa de San Miguel Arcángel, no dia 29 de Setembro, Valsequillo também celebra a “Suelta del Perro Maldito”. Neste dia hembra-se que o demónio anda solto desde meia-noite da véspera do Santo Padroeiro até ao meio-dia da festa principal.

 
Volver a la pagina anteriorVOLVER 
©Portaltur v1.0 2005   Aviso legal | Política de Privacidade | Informaçaõ Geral | Adicionar aos favoritos
Interreg III B - Feder