Volver a la pagina anteriorVOLVER 


Firgas

Datos geográficos. A Vila de Firgas sitúa-se a 28 kilómetros da capital da Ilha, sua superficie é de 15,77 kilómetros quadrados e esta localizada a uma altitude de 465 metros sobre o nivel do mar. É um municipio característico das medianías do Norte de Gran Canaria e sua extensão é a mais reduzida de toda a Ilha. Em sua geografía destacam a Montanha de Firgas, com 650 metros de altitude, na Caldeira de Firgas e no Pico de Osorio. Uma grande parte do municipio sitúa-se no Parque Rural de Doramas, catalogado como Espaço natural Protegido e no que se pode apreciar a Reserva Natural Especial de Azuaje, pelo que os visitantes de Firgas poden disfrutar neste municipio de rincões de extraordinaria beleza natural e rural.

Historia. O 18 de agosto de 1480 desembarcou pela primera vez Pedro de Vera no porto da Isleta, acompanhado por numerosos balesteros, entre os que se encontravam Tomás Rodríguez de Palenzuela, de origen burgalés e experimentado nas lutas contra os árabes. No repartimiento de terras e águas otorgado pelos Reis Católicos, a Tomás Rodríguez de Palenzuela correspondeu-lhe terrenos pela zona de Arucas e estableceu-se no lugar chamado Afurgad, segundo a denominação dos habitantes do lugar. Parece ter um sentido duplo: o lugar alto o cruze de caminhos. O certo é que alí iniciaram-se os trabalhos para taliar o bosque, construir as vivendas, iniciar o cultivo da cana de azúcar e construir um ingenio azucareiro e uma capela. Assim innicia-se a vida desta colectividade, na que se entremisturaram os que chegaram da peninsola com os aborigenas e iniciou-se uma actividade de grande esplendor. No seculo XVI ja aparece o nome de Firgas de Afurgad, sem que se possa ainda explicar esta mudança. Em 1616 existía já um próspero convento dominico, localizado na actual praça de São Roque, a qual promoveu a devoção por este Santo, o qual ostenta o padroeira da vila. O convento foi fechado em 1835 com motivo da desamortizaçao de Mendizábal, sendo seus antiguos muros sedes da Casa e Igreja Parroquial actual. Esse mesmo ano(1835) segrega-se de Arucas o povo de Firgas, adquirindo o categoria de municipio independente.

Festas. A principal festa de Firgas é a que se organiza em honra a sua padroeira: as festas de San Roque. Os dias principais são o 15 de agosto, que se celebra a romaría e 16 que é o día do Santo Padroeiro San Roque. Durante esta celebração os vezinhos de Firgas organizam diferentes actos culturais e populares, entre os que temos que destacar uma grande feira de gado. Además, é tradição no municipio, e coincidindo com estas festas, a denominada Traída del Palo, em onde os vezinhos caregam um pão desde a montanha de Firgas até o casco do povo, recorrendo diversas ruas e acompanhados da banda musical.

 
Volver a la pagina anteriorVOLVER 
©Portaltur v1.0 2005   Aviso legal | Política de Privacidade | Informaçaõ Geral | Adicionar aos favoritos
Interreg III B - Feder